Pular para o conteúdo
Voltar

Defesa Civil alerta sobre o risco das chuvas intensas

Mato Grosso vem registrando chuvas de média intensidade em diversos municípios.
Assessoria Defesa Civil | Cuiabá

Alagamento ocorrido em Campo Novo do Parecis em 2017 - Foto por: Assessoria Defesa Civil
Alagamento ocorrido em Campo Novo do Parecis em 2017
A | A

Nesse período são necessários cuidados redobrados em caso de ocorrência de chuvas intensas, principalmente para a população que se encontra em áreas de risco.

No caso de chuvas intensas, a maior preocupação na área urbana são os alagamentos que prejudicam a trafegabilidade de pessoas e veículos expondo as mesmas ao risco de acidentes, além de desabamentos, deslizamentos, rolamentos de blocos e enxurradas.  Já na zona rural há registros recorrentes de destruição de pontes, que são potencializados pelas más condições de manutenção, e pelo fato de serem construídas de madeira.    

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia - INMET, o acumulado de chuvas dos meses de janeiro e fevereiro deste ano está menor do que o ano de 2019. No entanto, a orientação é que à população mantenha-se alerta as medidas preventivas em caso de ocorrências de chuvas intensas.

 “A principal orientação é que a população busque um local seguro para se abrigar, evite locais abertos ou próximos a árvores e postes, pois são locais considerados de risco em casos de chuvas intensas”, alerta o Superintendente de Proteção e Defesa Civil, TC BM Marcelo Reveles.

Em geral, neste período, os alertas gerados pelo INMET para Mato Grosso são amarelos, o que indicam um grau de severidade de perigo potencial, causando chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia e ventos intensos (40-60 km/h).

Em caso de emergências contatar o Corpo de Bombeiros Militar através do telefone 193 e a Defesa Civil Estadual pelo número 199 ou (65) 3613 – 8401.

Importante: Para receber alertas da Defesa Civil cadastre-se enviando gratuitamente um SMS com o seu CEP para número 40199.

 

Dicas para o Período de chuvas

  1. Nunca se abrigue debaixo de árvores, postes, coberturas metálicas, fiação e torres de transmissão;
  2. Evite trafegar em áreas de inundação ou em ruas sujeitas a alagamentos;
  3. Em casos de incidência de raios e/ou chuvas intensas, desligue todos os equipamentos da tomada;
  4. Evite locais abertos como campos de futebol;
  5. Não fique dentro da água;
  6. Evite frequentar rios e cachoeiras, em condições de chuvas intensas, pode haver a ocorrência de cabeças d’água;
  7. Não utilize alimentos e água atingidos pela inundação ou pelo alagamento;
  8. Não jogue lixo ou entulho em lotes baldios, bueiros, quintais, nos córregos e na rua, evite alagamentos.




Editorias