Pular para o conteúdo
Voltar

Governo do Estado decreta situação de emergência em Mato Grosso

Com mais de 100 dias sem chuvas e a baixa úmidade relativa do ar, o Governo do Estado de Mato Grosso resolve decretar Situação de Emergência.
Acessoria Defesa Civil | Cuiabá

Combate ao incêndio no pantanal - Foto por: João Paulo Golçalves / Corpo de Bombeiros Militar - MT
Combate ao incêndio no pantanal
A | A

Considerando o longo período de estiagem e a baixa umidade do ar, o Governo do Estado, assessorado pela  DEFESA CIVIL ESTADUAL, decretou Situação de Emergência em virtude dos incêndios florestais que já consumiram mais de 1 milhão de hectares no Pantanal. Dessa forma , há um incremento significativo na estrutura para o combate. O decreto se fez necessário, pois a situação em que o estado se encontra, em decorrência dos grandes Incêndios Florestais, tem prejudicado a qualidade de vida dos matogrossenses, além de uma enorme diversidade de espécies de  animais e vegetação nos três biomas existentes no nosso território.

Uma força tarefa  com o auxílio de mais de 2.500 profissionais, entre eles, membros da Defesa Civil, Bombeiros Militares, Exército Brasileiro e voluntários, realizam o combate aos incêndios em campo. Mais de 22 milhões de reais em recursos já foram investidos.

A Defesa Civil do Estado, sugeriu o uso de agente retardante com o intuito de eliminar e impedir a propagação das chamas. Tal sugestão, foi aprovada e autorizada pela equipe técnica da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA).

A colaboração de todos é de extrema importância. Denúncias devem ser feitas através do  0800 647 7363 - Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (CIMAN-MT).





Editorias